REGULAMENTO

1- Dados Gerais

Data: 05 de Outubro de 2019.

Horário: 9h 30min às 12h / 13h 30min às 16h

Local: mezanino, biblioteca, auditório, corredores, pátio, sala de vídeo e salas do andar térreo.

Participantes: alunos e professores dos turnos da tarde e noite e escolas convidadas. Visitantes: Pais dos alunos, empresas convidadas e alunos de escolas de Ensino

Fundamental e Médio, Universidades, comunidade em geral.

Inscrição: ficha de inscrição estará no site da escola. Todos os alunos deverão apresentar um projeto para a feira. Junto com o tema do projeto de pesquisa deve apresentar sugestão de três nomes de professores para orientação.

Observação: Todos os alunos deverão apresentar um projeto, sendo imprescindível, antes de proceder com a inscrição haver o contato e a concordância do Professor Orientador (da área do projeto), estando esta confirmação registrada no email do professor.

Período de Inscrição: até 19 de Junho

Número de integrantes por grupo: até 04 alunos, sendo que podem alunos de turmas e cursos diferentes.

Inscrição: Entrega na coordenação pedagógica (Senira) ou coordenação da feira (Murilo) da ficha padrão disponibilizada no site da Escola e os 3 (Três) nomes de sugestões de professores para orientação.

2- Critérios de análise para aprovação do projeto

O objetivo é claro e está coerente com o tema da feira – (SUSTENTABILIDADE DO PLANETA: A RESPONSABILIDADE COLETIVA DA HUMANIDADE)?

Subtemas

– Fraternidade e Políticas Públicas (é o tema da campanha da fraternidade 2019);
– Tecnologias sustentáveis;
– Inclusão, diversidade e igualdade;
– Valorização da Vida;
– Resolução de problemas;
– Empreendedorismo;
– Educação cidadã.

O método é adequado?
O cronograma é factível?
O nível de conhecimento dos alunos é compatível com a proposta?
As referências apresentadas estão de acordo com o contexto do trabalho?

3- Critérios de avaliação dos projetos apresentados

A apresentação na Feira corresponde ao projeto proposto?
O método foi executado?
Todas as etapas do projeto foram registradas no caderno de campo (diário de bordo)? O trabalho foi completado, ficou aquém ou além do proposto?
Os alunos demonstraram conhecimento do conteúdo teórico e do processo de desenvolvimento da proposta?
Os alunos mostraram organização nos aspectos visual, de exposição de conteúdo e de distribuição do trabalho em equipe?

Tema e sugestão de três nomes de professores

Até 06/06

Inscrição

Até 19/06

Aprovação pelo Professor Orientador autorizando a apresentação na Feira

30/09

Feira de Ciências e Tecnologia – 05/10

O Artigo deve ser entregue para revisão do orientador até 18/09

O Artigo deve ser entregue na coordenação pedagógica (Senira) ou coordenação da feira (Murilo)

Até 25/09

Inscrição

Até 19/06

Pagamento da taxa de inscrição e banner

Até 16/09

Entrega da arte do Banner para impressão.

Até 16/09

Apresentação do trabalho na Pré Feira

25/09

Entrega do caderno de campo

25/09

Entrega do Relatório (Artigo)

Até 25/09

Feira de Ciências e Tecnologia

05/10

Análise do Projeto: a comunicação será realizada por e-mail. Os critérios de análise estão em anexo a este regulamento.

a) Projeto Aprovado – sem restrições à execução.

b) Projeto Aprovado com ressalvas – a proposta é executável, porém faltam elementos no projeto.

c) Projeto Devolvido para reformulação – a comissão compreende que o projeto não é executável dentro do contexto da Feira e sugere reformulações.

Apresentação do Projeto: Somente poderão apresentar seu Projeto na Feira de Ciência e Tecnologia, aqueles grupos que, tiverem seu trabalho avalizado pelo professor Orientador do grupo.

Apresentação do Projeto na Feira: o Projeto deverá ter a aprovação para apresentação comunicada pelo Professor Orientador até dia 25/09. Sem este comunicado, o projeto não será apresentado na Feira.

Avaliadores dos projetos: Professores presentes e demais convidados pela equipe de coordenação da feira. Durante a feira, o Projeto apresentado deverá ter sempre integrantes do grupo no local, a fim de realizar a apresentação para os avaliadores e público em geral. Projetos em que seus participantes estiverem ausentes durante a passagem do avaliador, terão a nota deste zerada.

4- Ficha de Inscrição de Projetos

Esta ficha deverá ser Entregue na coordenação pedagógica (Senira) ou coordenação da feira (Murilo) contendo as seguintes informações:

Título do projeto
Área relacionada (SUSTENTABILIDADE DO PLANETA: A RESPONSABILIDADE COLETIVA DA HUMANIDADE)

Professor(es) Orientador(es)
Proponentes (nome completo e turma)
Objetivo do projeto (o que será realizado)
Método de trabalho (passos descrevendo como será feito)
Cronograma de atividades (o que será feito a cada semana)
Recursos necessários (equipamentos e material para execução e apresentação)

5- Projetos de Pesquisa

O projeto de pesquisa explicita as reais intenções propostas pelo pesquisador, abrangendo o foco, o interesse e o questionamento por ele determinado.

É um planejamento do método utilizado por um pesquisador que pretende gerar certa pesquisa. O projeto de pesquisa define os rumos tomados pelo pesquisador, contendo as questões de estudo e uma maneira de abordar a realidade. Seguir objetivos evita o desperdício de tempo e diminui o custo elevado da pesquisa.

O projeto responderá algumas perguntas:

O que pesquisar? (tema)
Por que pesquisar? (justificativa)
Para que pesquisar? (objetivos)
Como pesquisar? (metodologia)
Quando pesquisar?
Por quem? (cronograma)
Projetos de Pesquisa

Exemplo:

Tema Geral:

Tema específico:

Sustentará o projeto uma estrutura do tipo:

Tema também chamado de assunto da pesquisa;
Delimitação do tema ou tema específico;
Justificativa;
Problema;
Hipótese;
Objetivos;
Objetivos específicos;
Metodologia;
Cronograma;
Referências

Tema

O pesquisador tem que provar algo no tema;
Estar atento às possibilidades possíveis do assunto;
Considerar as contribuições e interesse do tema na área científica;

Delimitação do tema – é o tema específico. Para se ter um tema específico é preciso delimitar o tema geral. (SUSTENTABILIDADE DO PLANETA: A RESPONSABILIDADE COLETIVA DA HUMANIDADE)

Justificativa

– Mostra a importância do projeto. É a resposta do pesquisador ao projeto.

Problema

– É feito em forma de pergunta. No decorrer do projeto a pergunta vai sendo explorada e respondida.

Exemplo: Qual a utilidade da era informatizada para a atualidade?

Hipótese

Supõem-se algo do tema com possível solução. Só é capaz de surgir depois de formulado o problema.

Objetivos

Aqui vão aparecer às pretensões do pesquisador, descrevendo os prováveis resultados e delimitando-os. Os objetivos dividem-se em gerais e específicos.

No objetivo usam-se verbos no infinitivo.

Exemplo: Objetivos gerais – analisar, explicar, saber, entender, identificar, descrever, aprender, julgar, compreender, conhecer, etc.

Objetivos específicos – mostra aspectos e ações detalhadamente. Assim como o objetivo geral, também usa verbos no infinitivo.

Exemplo: Objetivos específicos – numerar, investigar, relacionar, traduzir, listar, exemplificar, distinguir, aplicar, selecionar, classificar etc.

Metodologia

É o método e a técnica utilizados para acontecer à coleta de dados. Vão existir diversos tipos de pesquisas dentre elas:

exploratória,
descritiva,
explicativa,
bibliográfica,
documental,
experimental,
levantamento,
estudo de campo,
estudo de caso,
pesquisa-ação.

Cronograma

Delimita cada ação feita no projeto de pesquisa em termos de tempo. Pode ser delimitado em meses e de acordo com cada atividade realizada.

Caderno de Campo

O caderno de campo é um instrumento indispensável para o êxito e credibilidade de uma pesquisa científica. No caderno de campo, deve conter o registro detalhado das informações, observações, bem como as reflexões que surgem durante toda a pesquisa.

É a forma de registro diário de tudo que diz respeito ao assunto pesquisado: datas, dados de bibliografias consultadas, endereços, transcrições sintéticas de livros, revistas, visitas, conversas mantidas com pesquisadores, pareceres do orientador, etc.

Referências

É as fontes consultadas, parte teórica da pesquisa.

Exemplo:

ASTIVERA, Armando. Metodologia da pesquisa cientifica. 7. Ed. Porto Alegre: Globo, 1983.

ARQUIVOS